Crise hídrica: economia de água é fundamental nos processos de limpeza

treinamento
23/05/2018

Apesar do Brasil apresentar quase um quinto das reservas hídricas do mundo, a falta de água é uma realidade em várias regiões do país.

Em 2014, o país passou pela maior crise hídrica de sua história, com 55% dos municípios correndo risco de chegar em 2015 com déficit de abastecimento. Alguns estudos indicam que os episódios de falta de recursos hídricos devem se repetir nos próximos anos.

A falta de água no Brasil se deve a vários fatores, entre eles:
• A água não é igualmente distribuída no território brasileiro. Por exemplo, a região Norte concentra a maior parte das reservas hídricas do país, ao mesmo tempo é a região com a menor densidade demográfica. No Sudeste e Nordeste, onde está concentrada a maior parte da população e atividades industriais, existem poucas reservas hídricas.
• Devido ao crescimento populacional, industrial e da agricultura, o consumo de água é maior do que a quantidade de água disponível.
• O desperdício de água é um problema injustificável. De acordo com o Instituto Trata Brasil, quase 40% da água tratada no país é perdida por causa de vazamentos nas tubulações, ligações clandestinas, erros de medição, sem contar com torneiras abertas por muito tempo, banhos prolongados, etc.

A água é um recurso natural limitado, dotado de valor econômico e essencial para a vida de todos os seres vivos. Pensando nisso e analisando os processos de limpeza profissional é fundamental o uso de produtos químicos que, além de promover limpeza e higienização eficientes, assegurem a economia de água.

Antes de falarmos de produtos químicos, precisamos iniciar com a quebra do paradigma de que espuma limpa. Um produto químico com alta espumação é recomendado, por exemplo, para limpeza de superfícies verticais, como paredes, já que a espuma se mantém por mais tempo em contato com essa superfície do que um produto líquido que escorre com facilidade. No entanto, há processos de limpeza em que a espuma atrapalha, exigindo muito mais tempo e consumindo muito mais água para ser eliminada.

A Spartan tem algumas dicas que ajudará sua empresa a reduzir o consumo de água durante o processo de limpeza:
• Sempre que possível utilize produtos Spartan com indicação de uso sem enxágue;
• Alguns processos de limpeza podem alternar entre a limpeza profunda, com enxágue, e a limpeza de manutenção, sem enxágue, garantindo ambientes limpos e seguros com economia de água.
• Sempre utilize o produto Spartan na diluição recomendada, isso garantirá sua eficiência, bem como, evitará que utilize água desnecessária durante o processo de limpeza;
• A mecanização da limpeza de pisos, em conjunto com o produto Spartan correto, garante economia de água com excelente performance de limpeza.
• O treinamento da equipe de limpeza é fundamental para que os produtos sejam utilizados de maneira correta, os processos sejam realizados com precisão e o uso de água seja feito de forma consciente.

A equipe comercial e técnica da Spartan auxilia os clientes na elaboração de processos de limpeza que visam a economia desse bem tão precioso para nossa existência. Conte conosco!

Onde Comprar